( 68 Votes )

A Metamorfose resumo


A Metamorfose

   Gregor Samsa, caixeiro viajante, leva a vida a trabalhar, exaustivamente, e sempre a ouvir queixas e recriminações do Sr Gerente que cobra sempre melhor desempenho ameaçando-o de dispensa e de cobrar antiga divida que o Senhor Samsa num momento aflitivo contraiu. A família de Gregor, os Senhor e Senhora Samsa também não o poupa exigindo sempre mais e mais responsabilidades no cumprimento de tudo que lhe é solicitado no trabalho. O Senhor Samsa, pai de Gregor, aposentado, gordo e moroso e um tanto adoentado, não podia trabalhar, continua a manter e usar o mesmo uniforme que usava no trabalho como contínuo de um banco.


   A Senhora Samsa, mãe de Gregor; sofre de asma e também gorda mãe faz os serviços domésticos auxiliava por Ana, uma ajudante e preocupa-se em agradar o Sr Samsa. Grete, a irmã, é ainda uma criança que sonha em ser violinista, porém com os parcos recursos da família isso é só um sonho. A família vive com muitas dificuldades financeiras, Gregor quem tomou para  si a responsabilidade de proporcionar a todos melhor alimentação, moradia decente e confortável. Também ele sonhava em mandar a irmã Grete para uma universidade estudar violino, pois ela tinha talento só lhe faltou dinheiro pra seguir estudos. A rotina diária no trabalho e também familiar de Gregor; o esmaga, suga todas as energias, ele passa a viver sem sonhos, sem amigos sem namorada. Sempre que a porta do quarto fechava Gregor ficava a recordar: o Gerente, o chefe, os caixeiros e os aprendizes, o contínuo obtuso, dois ou três amigos e a moça, caixa de uma loja de chapéus, que ele cortejou seriamente e devagar demais.

A vida da família segue nesse marasmo até que um dia a Sra. Samsa percebe que Gregor perdeu a hora de embarcar no trem que o levaria ao trabalho, ela o chama várias vezes, até que Gregor responde ela se espanta com a voz e pensa em chamar um médico pois o imagina doente. Como Gregor demora a levantar chega o Chefe que o ameaça de levar a queixa ao Gerente podendo fazer com que ele perca o emprego começa a censurá-lo na presença dos pais. Inclusive ameaçando-o de cobrar antiga dívida. Como Gregor não consegue abrir a porta do quarto à família decide chamar o médico e um serralheiro até que alguém consegue abrir a porta e deparam com um inseto grande e asqueroso em que ele havia se transformado. Assim começa a via crucis de Gregor que se transforma num inseto asqueroso, mas continua a pensar e agir como ser humano. Ao mesmo tempo em que ama pode odiar a família por se sentir excluído e também por se transformar num peso que todos querem se livrar. Toda a casa se transforma, no início para acolher e proteger dos olhos de todo o inseto depois para esconder de todo o mal que atingiu e envergonha a família. Foi o senhor Samsa quem causou a morte de Gregor ao atirar nele uma maçã que apodreceu em suas costas. Porém a mais cruel das pessoas foi a irmã que cansada de esconder e de viver junto dele sugeriu ao pai que livrasse a todos da presença incomoda do asqueroso inseto. Após a morte do inseto e quando Ana a ajudante limpa o quarto e se desfaz de todo vestígio a família de Gregor sai em passeio e descobre que a vida é bela e boa, sonham em mudar de apartamento ir morar confortavelmente em outro e melhor bairro, já não sentem a perda do irmão e mesmo o futuro lhes parece promissor.

 

   ANALISE: o texto coloca-nos a par de um ser humano que de um momento para outro se transforma num inseto asqueroso e monstruoso, a narrativa é de um realismo impressionante e associa o psicológico do ser humano que sucumbe diante da pressão que a vida cotidiana, através do humor “negro”, associa o inverossímil ao trágico, grotesco e cruel da frágil condição humana. que ao sentir-se impotente diante das cobranças vai sendo tragado pela insegurança até chegar a condição de inseto.




Artigos Relacionados